Quem somos

A Fio da Terra é um projeto idealizado e realizado por mães que mudaram sua rotina após a chegada dos filhos.

Iniciamos em 2010. O mercado das fraldas nacionais era restrito às regiões sul e sudeste e eu tinha muito interesse em costurar fraldas pro meu filho, Bento. Assim que ele nasceu, algumas amigas viram as fraldinhas e encomendaram para elas, surgindo uma demanda em Recife que me fez encarar o trabalho. Poder ficar em casa, mais próxima do meu filho, acompanhando seu crescimento enquanto garantia uma renda para a família era o que eu precisava.

Logo que comecei a produção senti necessidade de ajuda e convidei Diana, uma amiga da faculdade que ainda não tem filhos, para costurar comigo. Em 2012, Kalinne, também amiga, mãe de Amarílis, estava acabando seu mestrado e queria alguma ocupação remunerada que a permitisse estar com sua filha – decidiu aprender a costurar e também revender as fraldas em Recife. No fim de 2012, minha irmã, Isabel, que mora em São Paulo e é mãe de Raphael também entrou no projeto com a mesma finalidade.

Nossa proposta é a de produzir artigos infantis artesanalmente, principalmente fraldas de pano modernas, escolhendo os melhores materiais, pensando nas necessidades dos nossos bebês de um modo natural e sempre fortalecendo o vínculo mãe-filho.

Nossa produção é baseada nos princípios da economia solidária. Trabalhamos em autogestão, na horizontalidade, sem chefes, sem lucros, nossa contabilidade é toda baseada na produção e no trabalho de cada indivíduo, os valores divididos são sempre acordados entre todos.

Reconhecemos o papel fundamental da mulher e do feminino na economia fundada na solidariedade. Buscamos uma relação mais respeitosa com a natureza.

A Fio da Terra prioriza a cooperação e a solidariedade.

Cristina Calheiros – idealizadora do projeto Fio da Terra

Comments are closed.